Quem Sou

Hugo Klemar é o autor de um best-seller de saúde na Amazon.com, INTESTINO: O SEU SEGUNDO CÉREBRO, bem como a Coleção CULINÁRIA QUE EMAGRECE com 5 volumes e o e-book de saúde e fitness COMO NÃO EMAGRECER, que já venderam milhares de unidades por todo o mundo. Ele é o Criador do PROGRAMA CORPO MEDIDA CERTA e Autor do SITE CORPO MEDIDA CERTA.
Também é o fundador da Nutrição Primitiva, uma empresa dedicada à educação para a saúde e a projetar suplementos de alta performance, desenvolvidos para facilitar os desafios de viver no mundo moderno. Este pesquisador incansável, tem ajudado milhares de pessoas a conquistarem um CORPO na MEDIDA CERTA e uma vida melhor, cheia de saúde e disposição.

Leia para saber mais sobre o passado de Hugo pelo próprio Hugo:

Eu sou o mais velho de cinco filhos, criados a maior parte do tempo em contato com a natureza . Eu sempre fui interessado na saúde humana e desempenho atlético, provavelmente por viver sempre em meio a amigos e pessoas mais velhas do que eu, o que me inspirou a me testar em uma idade precoce (fazendo com que eu entrasse em uma academia pela primeira vez aos 12 anos e escondido dos meus pais, em uma época que nem toda cidade tinha uma academia ou seja, crianças em academias “ NEM PENSAR ” era um grande tabu. Sempre gostei de treinar e de praticar atividades ao ar livre, vivia com meus Pais, Irmãos, Amigos, Primos e Tios, pescando, acampando, explorando, viajando e comecei a trabalhar muito cedo, me casei bem cedo também. É, realmente foi uma vida bem agitada e isso me fascinava, o sedentarismo não teve vez, isso me garantiu o privilegio de uma saúde e de uma performance física privilegiada, também fez com que eu carregasse dentro de mim um sentimento, uma vontade enorme que sempre vinha a minha cabeça, eu sempre pensava assim: QUANDO O MEU FILHO NASCER, É ISSO QUE EU QUERO PRA ELE, É ESSA A VIDA QUE ELE VAI TER, EU VOU BRINCAR COM ELE O TEMPO TODO, EU VOU CORRER, PESCAR ACAMPAR VIAJAR, CONVERSAR E PARTICIPAR DE TUDO O TEMPO TODO. Até que… Um belo dia, mais ou menos uns dois anos antes dele nascer, eu já não treinava mais, já não pescava com tanta frequência, já estava trabalhando o dobro do que o normal, nas horas de folga mal dava atenção para a esposa e o sofá tinha se tornado o meu melhor amigo! Isso, o sedentarismo havia tomado conta de mim, a barriga não parava mais de crescer e as idas ao médico eram frequentes, eu que nunca tinha ficado doente, agora sempre tinha uma consulta agendada com algum médico. Uma hora era infecção de urina, outra hora era pedra no rim, pneumonia, uma virose atrás da outra e até doença auto imune eu tive.
Ai você pode perguntar!

Tá, mais quando é então que a chave virou pra você?

Ótima pergunta, inclusive foi um momento muito interessante, porque foi meio que um tapa na cara.

Foi assim. Meu filho já tinha três anos e eu ainda não era nem de longe aquele pai que eu tanto havia desejado ser, e em um dos raros momentos em que eu tomava a atitude de levar a minha família pra se divertir, nos decidimos passar alguns dias na praia. E acredite, foi um dos piores momentos da minha vida, aquele ambiente que durante toda a vida foi o meu habitat natural, o lugar onde eu sempre me sentia super bem, agora tinha se tornado o pior lugar do mundo, porque foi uma sucessão de sentimentos ruins e frustrações.

Logo no primeiro dia, a falta de disposição era tanta que a menor e mais simples tarefa já me deixava irritado, quando saíamos pra dar uma volta eu não me sentia a vontade, tinha vergonha por estar fora de forma e exposto com tanta gente bonita, pior ainda, eu ficava preocupado da minha esposa e do meu filho ficarem com vergonha de mim por eu estar estranho e acima do peso, eu contava as horas pra poder ir embora para casa e voltar pro meu sofá.
Até que no último dia de passeio, veio a gota da água.

Chegamos na praia já meio que tarde, e eu fui logo me acomodando na cadeira com dois bons guarda sóis. Minha esposa pedia para darmos uma volta e eu dizia mais tarde, meu filho pedia pra brincar com ele e eu dizia depois, banho de mar então, “NEM PENSAR”

Até que então eu percebi que o meu filho estava brincando com três crianças que estavam com um casal ao lado, bem próximo de nós. Eram dois meninos e uma menina e lá estava o meu filho, mas ele não estava brincando apenas com aquelas crianças, o casal também estava brincando com todos eles.

E eu comecei a reparar, pelo visto eles já estavam ali muito antes de nós, porque já havia muitos sinais de atividade ali, um castelo de areia enorme que pelo tamanho e pela riqueza de detalhes deve ter dado muito trabalho.

Foi aí que eu comecei a me sentir cada vez pior, puxa era umas 11:30 da manhã e o meu dia só estava começando, não fazia nem uma hora que eu tinha chegado com a minha família ali, e aquele castelo de areia que já estava perdendo a graça pois as crianças pelo visto estavam cansadas de tanto brincar com ele que já estavam o desmanchando aos poucos, me mostrou que aquele casal devia ter chegado ali com aquelas crianças bem cedo pra ver o sol nascer e catar conchinhas, assim como eu fazia quando era criança. Me mostrou que eles já haviam vivido em uma manhã o que eu provavelmente não conseguiria proporcionar para minha família em um fim de semana inteiro.

E eles que estavam ali á tempos, não pareciam nem um pouco cansados, ao contrário, eles ainda foram brincar com as crianças na barra do rio ali perto e depois tomaram banho de mar e brincavam de peteca, e corriam e pulavam. E eu, mal conseguia sair da cadeira pra apanhar uma água.

Inicialmente eu imaginei que ambos, tanto o homem quanto a mulher tivessem a minha idade ou fossem dois ou três anos mais velhos do que eu no máximo, e realmente me senti envergonhado com tanta disposição. Ainda assim, tomei coragem e comecei a conversar com eles, eu queria entender o que eles tinham de diferente no cotidiano deles que posibilitava aquela disposição, será que eles não trabalham, será que as crianças estudam em período integral, será, será???

Mas não, Eles eram quinze anos mais velhos do que eu, as crianças eram sim filhos deles e ambos trabalhavam provavelmente mais do que eu pelo que conversamos.
O que eles tinham feito era construir um estilo de vida diferente do meu.

Aquilo mexeu tanto comigo que me fez voltar para casa com minha família e no dia seguinte comecei a tomar uma atitude.
Eu voltei para a academia, fui no endocrinologista e também frequentava a sala da nutricionista da academia. Mas o tempo passava e as dietas de fome e as longas seções de exercícios não estavam trazendo resultados significativos, era muito empenho para pouco resultado. Foi aí que eu comecei a devorar tudo o que é livros e blogs e sites nacionais e principalmente internacionais sobre o que há de mais recente no assunto.

E eu descobri coisas que nunca havia ouvido antes, eu encontrei um mundo completamente novo. Eu passei de 114Kg para 84Kg em menos de seis meses, sem passar fome e me exercitando menos da metade do que eu me exercitava antes, eu eliminei 30Kg de uma forma muito tranquila, a minha saúde melhorou absurdamente, eu agora raramente tinha um resfriado, e a mudança mais notável mesmo, foi a da minha disposição, parece que eu voltei a ter dezoito anos. Isso me fascinou tanto, que eu não parei mais de me aprimorar no assunto, acabei me especializando em emagrecimento e boa forma, e hoje tenho o objetivo de ajudar o maior número de pessoas possíveis a terem assim como eu uma vida mais saudável e feliz, cheia de disposição e alegria.
No intuito de compartilhar os conhecimentos que adquiri, eu decidi saltar para a blogosfera para ajudar a promover informações sobre este estilo de vida e ter agradáveis discussões com críticos de saúde. E por isso fundei o CorpoMedidaCerta.com.br é uma das melhores coisas que já fiz e tem sido extremamente gratificante.

Minha vida tem sido construída em torno de Saúde e Fitness, e eu cuido para que isso nunca termine. Eu estipulei para mim o objetivo pessoal de ajudar 10 milhões de pessoas a alcançar seu potencial genético final. Para isso, minha equipe e eu desenvolvemos muitos novos empreendimentos excitantes que estão planejados para o futuro.
Eu espero que você volte sempre para aprender mais com o CORPO MEDIDA CERTA, e, o mais importante, com as histórias de todas as pessoas que alcançam o CORPO na MEDIDA CERTA com este estilo de vida.

Hugo Klemar Neto

  • Erika Covos

    Excelente

  • Raquel

    Adorei a historia!! parabéns.

  • Norberto Rosa

    Caro Hugo, foi muita identificação e só te encontrei por conta de muita pesquisa que estou fazendo e gostaria de saber se fpr possivel como entrar em contato com vc via telefone, whatapp, skype.
    Vi tbem que partiu paa o mundo digital com todo essa força empreendedora que deu para sentir que tem.
    Amigo estou empoderado em causas muito parecidas com as suas, estou precisando de ajuda neste momento com a saude por conta de uma intervenção cirurgica.por favor se puder ntrar em contato eu agradeço.
    Quero e gostaria muito de ser um multiplicador do seu trabalho e poder tÊ-lo como parceiro.
    desde já agradeço e aguardo.