NOVA ANÁLISE CONFIRMA!

Novamente Confirmado o Estilo de Vida LCHF é a Melhor Opção para se Perder Peso e Melhorar os Marcadores de Saúde.

Premio LCHF

Qual dieta funciona melhor a longo prazo para perda de peso e para melhorar os marcadores de saúde?

Alguns dizem: É comer menos calorias e passar fome. Outros dizem: É comer menos carboidratos.

Muitos estudos do século 21 compararam o efeito destas duas peças populares de conselhos. Pelo menos 18 estudos de alta qualidade mostraram claramente um melhor resultado, a perda de peso em uma dieta baixa em carboidratos. Os resultados das dietas de baixo teor de gordura e de baixas calorias não conseguem chegar nem próximo dos resultados de uma dieta LCHF.

Agora, uma nova análise selecionando 13 dos estudos de longo prazo mais bem projetados e confiáveis resume os resultados. O vencedor? Você provavelmente já adivinhou certo. O mesmo como de costume.

Agora fica cada vez mais difícil para os controversos se explicarem com suas teorias sem base científica.

A Comparação

A análise resume todos os resultados de longo prazo por (pelo menos 1 ano). Os estudos compararam as seguintes recomendações:

  • Alimentação LCHF (até 50 g de carboidratos por dia).
  • Alimentação de Baixo teor de Gordura e Baixas Calorias.

Os grupos foram randomizados para que seus participantes tivessem uma comparação mais justa e um resultado mais confiável. Um total de 13 estudos de longo prazo satisfaz os requisitos. A análise baseia-se nos resultados obtidos nestes estudos.

Resultados de Peso

Conselhos sobre uma dieta pobre em carboidratos resultaram em média, estatisticamente significativa perda de peso mas, principalmente no longo prazo. A margem de vitória foi de 0,91 kg mais peso perdido do que no grupo que recebeu o conselho em baixo teor de gordura e alimentos de baixa caloria.

Três comentários sobre o tamanho da margem de vitória:

  1. O número só mostra a vantagem, em comparação com o outro grupo, que também perderam peso. A perda de peso total foi, naturalmente, muito maior. Não é mencionado aqui, mas em outra nova revisão dos estudos sobre alimentos LCHF, foram registrados, em média, mais de sete quilos de perda de peso em um período de tempo em que foi recomendada uma dieta de baixo teor de carboidratos.
  2. As pessoas que participaram dos estudos viveram em suas casas, comprando, cozinhando e comendo por conta própria durante um ano. No estudo, foram apenas sugeridas recomendações sobre como seguir cada uma das diferentes dietas a cada grupo. A adesão ao aconselhamento dietético (independentemente do tipo) geralmente é terrível em estudos de longo prazo, a maioria das pessoas logo volta aos velhos hábitos. Obviamente isto reduz drasticamente o efeito. Por exemplo, a perda de peso de 7 quilos (15 libras) é a média para todos, incluindo as pessoas que não seguem a recomendação. Quanto peso foi perdido por aqueles que seguiram a recomendação não é óbvio, mas em geral é muito maior do que o peso dos que se dedicam pouco e dos que acabam não aplicando nada.
  3. Na maioria dos estudos o grupo LCHF foi permitido comer até ficar satisfeito. O fato de que eles claramente perderam mais peso do que aqueles que estavam contando calorias e passando fome é impressionante.

Resultados sobre marcadores de saúde

No grupo LCHF o número médio de lipídios no sangue melhorou na forma de triglicérides inferiores e aumento do bom colesterol HDL, estas duas mudanças positivas são vistas claramente em todos os 13 estudos.

Os grupos LCHF em média, melhoraram a sua pressão arterial, com uma melhora estatisticamente significativa principalmente na pressão diastólica.

Resumo

Recomendar uma dieta LCHF para as pessoas com excesso de peso vai,  mesmo a longo prazo , produzir mais perda de peso e melhorar os marcadores de saúde do que as recomendações sobre alimentos com baixo teor de gordura e baixas calorias.

Quanto tempo vai levar para o sistema de saúde Brasileiro acordar?

Rumo ao Futuro

Existem hoje pelo menos 18 estudos RCT e várias meta análises (tanto de curto prazo quanto de longo prazo) e todos registram melhores marcadores de perda de peso e de saúde em recomendações sobre LCHF.

Torna-se cada vez mais improvável que estudos futuros apontem para uma direção contrária. É mais provável que, a cada ano haverá mais e mais estudos que mostram a mesma coisa, aumentando ainda mais a segurança.

Como a água constantemente pingando desgasta uma pedra, a oposição logo desaparecerá. Para acelerar o inevitável, podemos enviar aos céticos o link da nova análise (abaixo). Então, as pessoas mais obesas podem se atrever a manter-se magras e satisfeitas com comida de verdade.

O estudo

A nova análise: 

. Bueno NB, et al  Uma meta análise de ensaios clínicos randomizados: Dieta cetogênica & Dieta baixa em gorduras. Qual a melhor para a perda de peso a longo prazo.    Br J Nutr. 2013 maio 7: 1-10. [Epub ahead of print]

Anteriormente

LCHF Parece ser saudável em todos os sentidos

Post Author
Admin Spar
Hugo Klemar é o autor de um best-seller de saúde na Amazon.com, INTESTINO: O SEU SEGUNDO CÉREBRO, bem como a Coleção CULINÁRIA QUE EMAGRECE com 5 volumes e o e-book de saúde e fitness COMO NÃO EMAGRECER, que já venderam milhares de unidades por todo o mundo.