Como Normalizar a Sua Pressão Arterial.

A pressão arterial elevada é um problema de saúde comum hoje em dia. Quase um terço dos adultos Brasileiros e Americanos têm pressão arterial elevada.

Você ou alguém da sua família Tem?

A pressão arterial elevada não é necessariamente algo que você pode sentir, mas aumenta o risco de doenças graves, como derrames e ataques cardíacos.

A boa notícia é que você pode melhorar a sua pressão arterial por meio de mudanças simples de estilo de vida.

O tratamento habitual para a pressão arterial elevada hoje em dia é a medicação. Muitas vezes isso é razoável.

Mas como é que poderíamos alcançar a pressão arterial perfeito, sem pílulas ou efeitos colaterais e, ao em vez disso, tendo o bônus de Melhorar a nossa Saúde e ainda Reduzir Peso?

A verdade é que a não muito tempo atrás, a pressão arterial elevada era extremamente rara, isso a apenas algumas centenas de anos atrás. Algo no ambiente de hoje está fazendo mais e mais pessoas terem a pressão arterial elevada.

O que é que está deixando Mais, Mais e Mais pessoas com a Pressão Arterial Alterada?

O que será que é isso?

Eu vou te dizer!

Conteúdo

  1. O que é pressão arterial?
  2. Como a pressão arterial é medida?
  3. O que é uma pressão arterial “boa”?
  4. O que é uma pressão arterial elevada?
  5. Quem precisa medir a pressão arterial?
  6. Quando deve ser Medicado?
  7. Causas da pressão arterial.
  8. Mudanças de Estilo de Vida para uma Pressão Arterial Saudável,
  9. Medicação de pressão arterial.
  10. Medindo a pressão arterial em casa.
  11. Estudos.
  12. Mais Informações.

 

1 – O que é Pressão Arterial?

A pressão arterial é exatamente o que parece: a pressão nos vasos sanguíneos. pressão arterial 1

Com uma quantidade normal de sangue, um coração saudável e, vasos sanguíneos elásticos saudáveis, você vai usufruir de uma pressão arterial normal.

Pressão arterial baixa pode fazer você sentir tonturas, especialmente em certas ocasiões, como por exemplo, quando você se levanta depois de estar sentado. Este sintoma é normalmente inofensivo e pode ser o resultado da desidratação ou da deficiência de sal.

Pressão arterial levemente ou moderadamente elevada, raramente vai dar sintomas óbvios (uma dor de cabeça de luz pode ocorrer às vezes). A pressão arterial muito alta pode dar dores de cabeça, fadiga e náuseas.

A pressão arterial elevada é o resultado de um aumento da quantidade de líquido e de sal no sangue, e também das paredes dos vasos sanguíneos, sendo mais grossos e mais duros do que o normal.

Como a pressão arterial elevada muitas vezes passa despercebido, é comum as pessoas viverem com ela e terem surpresas ao longo do tempo. Como é um fator de risco, verificar sua pressão arterial algumas vezes ao longo dos anos, pode ser bastante sábio, mesmo se você está se sentindo saudável de uma forma geral.

Este conselho é especialmente dirigido para as pessoas que são de meia-idade ou mais velhos, por ser mais comum os problemas de pressão arterial elevada surgirem a medida que a idade avança.

A pressão arterial comprovadamente elevada, conduz a longo prazo, a um aumento do risco de Doenças no Coração e Acidente Vascular Cerebral. Quanto maior a sua pressão arterial, maior o risco.

A pressão arterial elevada é muitas vezes tratada com medicamente para reduzir os riscos de saúde; no entanto, você também pode baixar a pressão arterial com mudanças de estilo de vida.

A pressão arterial elevada é conhecida entre os médicos como a hipertensão, uma palavra usada com frequência nesta página.

 

2 – Como a Pressão Arterial é Medida?

Primal imagem 2.2

A pressão arterial é geralmente medida por envolvimento inflável em torno de seu braço. A pressão do inflável que interrompe o fluxo de sangue para o seu braço é então medida, e isto é igual à pressão em seus vasos sanguíneos.

Leituras de pressão arterial consiste em dois números, por exemplo 120/80 .

  • O primeiro número é a pressão de pico (quando o coração se contrai, a pressão “sistólica”). Esta é a maior pressão nos vasos sanguíneos.
  • O segundo número é a pressão mínima, tirada quando o coração relaxa (pressão “diastólica”).

Para obter a sua pressão arterial controlada, você pode entrar em contato com o seu médico ou especialista / médico. Você também pode obtê-la medindo em muitas farmácias.

Outra opção é comprar o seu próprio medidor de pressão arterial, eles são confiáveis ​​e fáceis de usar em casa, você pode medi-la sempre que quiser.

 

3 – O que é uma Pressão Arterial “Boa”?

Primal imagem 3.3

Se você é saudável, e atualmente não utiliza qualquer medicação para controle da pressão arterial, uma pressão arterial mais baixa do que a média não deve ser nada para se preocupar.

O ideal, para uma pressão sanguínea saudável é que ela não passe de 120/80 . Isto é o que os jovens, saudáveis ​​e magros têm.

A maioria das pessoas no mundo ocidental, no entanto, tem uma pressão arterial maior do que isso. Uma elevação da pressão arterial é comum em pessoas de meia-idade e mais velhos, especialmente naqueles que estão com sobrepeso.

Se a pressão Sistólica estiver entre 120-140 ou a Diastólica estiver entre 80-90, esta pressão é considerada um precursor para a hipertensão. Isso não é nada que precise ser tratado em pessoas saudáveis, mas pode significar que não há espaço para a melhoria da saúde por mudanças de estilo de vida.

Niveis de pressão

Populações indígenas que não comem uma dieta ocidental tendem a ter excelente pressão arterial, mesmo em idade avançada. Podemos aprender e ser inspirados a partir deles.

 

4 – O que é uma pressão arterial elevada?

Primal imagem 4.4

Uma leitura acima de 140/90, medida a pelo menos três ocasiões diferentes, é considerada  Pressão Arterial Elevada. Ter uma pressão ligeiramente elevada no sangue Temporariamente (quando sob tensão, por exemplo) não é perigoso.

Como a pressão arterial tende a variar um pouco de um dia para o outro, uma pessoa só pode ser diagnosticada como alguém com pressão arterial elevada, se ela apresentar leituras de dados Alta repetitivamente.

Se a média de cada uma das leituras, quer (a sistólica ou diastólica) for maior do que o normal, será considerado uma pressão sanguínea elevada. Isto é, uma média de mais de 150/85 Sistólica e 135/100 Diastólica, com leituras em várias ocasiões diferentes, será considerado demasiadamente elevada.

Quase um terço de todos os adultos nos Países Ocidentais, possuem a pressão arterial elevada, de acordo com o CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças) e do ASH (American Society of Hypertension).

  • Valores entre 140/90 e 160/100 são considerados pressão arterial ligeiramente elevada.
  • De 160/100 é dito que é moderadamente elevado.
  • De 180/110 é chamado de pressão sanguínea severamente elevada.

A diferença calculada entre as pressões sistólica e diastólica também é de interesse. Se a diferença for grande (por exemplo, 170/85), que poderia ser o sinal de artérias rígidas – muitas vezes causada por uma doença cardíaca.

Isto significa que os vasos sanguíneos não conseguem se dilatar o suficiente quando o coração envia um impulso, o que obriga o aumento da pressão arterial. (As paredes não podem se expandir, de modo que ocorre o aumento da pressão quando o coração tenta bombear o sangue através dos vasos sanguíneos).

 

5 – Quem precisa medir a pressão arterial?

O Jaleco Branco Causa Pressão Alta?

Muitas pessoas acham que os seus aumentos de pressão arterial ocorrem por causa do estresse subconsciente de confronto com instituições médicas e do pessoal que trabalha lá. Isto é geralmente chamado de “hipertensão do avental branco”, ou seja, níveis elevados de pressão arterial ocorrem pelo simples fato de se deparar com uma pessoa usando o Jaleco Branco “Médico”.

Este é um problema comum: um total de 10-15% das pessoas, são diagnosticadas com pressão arterial elevada após medições feitas em um hospital ou centro médico. Foi descoberto que as medições feitas a partir de 24 horas depois que a pessoa entrou no Centro Médico ou as feitas em suas próprias casas são Normais.

Se você é uma das pessoas com “Síndrome da hipertensão do Jaleco branco”, você tem aproximadamente o mesmo risco de doenças cardíacas que outras pessoas com pressão arterial normal . Pessoas com “hipertensão do avental branco” não precisam de medicamento para baixar a pressão arterial, mas muitas vezes essas pessoas acabam obtendo e consumindo esses remédios desnecessariamente!

Se você suspeitar de um aumento na sua pressão arterial relacionados ao stress, você pode pedir para o seu centro médico, para medir por 24 horas para registrar a pressão arterial várias vezes. Você também pode comprar o seu próprio medidor de pressão arterial para verificar por si mesmo em casa.

 

6 – Quando deve ser Medicado?

Se a sua pressão arterial estiver gravemente elevada (Mais de 160 sistólica ou superior a 100 na diastólica), a MEDICAMENTOmedicação é bem vinda. Se você tiver outros fatores de risco para doenças cardíacas (como tabagismo, diabetes ou obesidade), a medicação pode ser recomendada, mesmo para uma ligeira elevação da pressão arterial (acima de 140/90).

Até recentemente, não havia nenhuma evidência de que a medicação melhora a saúde de pessoas saudáveis ​​com pressão sanguínea moderadamente elevada de (140-159 sistólica e / ou diastólica 90-99). Isso significava que não estava claro se valia a pena arriscar os efeitos colaterais da medicação, se tudo que você tinha era uma ligeira elevação.

Um novo estudo grande, no entanto, mostrou que as pessoas com hipertensão viveram mais tempo e reduziu o risco de doença cardíaca, quando eles baixaram a sua pressão arterial sistólica até 120 com o uso de drogas por toda a vida. Infelizmente este benefício vem com aumento significativo do risco de efeitos colaterais:

Os diabéticos têm frequentemente, as recomendações e prescrições mais baixas para a pressão arterial, o valor máximo normal, sendo visto como 130 / 80-85. No entanto, é questionável se é uma boa ideia ser medicado para os seus níveis de pressão arterial, ficarem mais baixo do que esses valores. Diabéticos, provavelmente, podem ficar com aproximadamente o mesmo limite superior como as pessoas com doenças cardíacas: 140/90 (de acordo com novos estudos e comentários de especialistas, bem como as mais recentes recomendações da American Diabetes Association, ADA ).

Para resumir, são os seguintes limites aproximados para os níveis de pressão arterial em que a medicação se torna apropriada:

  • Indivíduos saudáveis: Acima de 160/100.
  • Diabéticos / pessoas com doença cardíaca: Acima de 140/90.

Com isso dito, para o caso de elevações menores na pressão arterial pode ser sugerido uma necessidade de algumas mudanças de estilo de vida, a fim de melhorar a saúde e reduzir o risco de doenças.

 

7 – As Causas da pressão arterial elevada

Existem várias causas raras de pressão arterial elevada (tais como as de Rim ou Desordens Supra-Renais). Se houver razão para suspeitar de tais distúrbios que são a causa da hipertensão, as medidas adequadas devem ser decididas pelos profissionais médicos.

No entanto, o tipo esmagadoramente mais comum de pressão sanguínea elevada é do tipo que não têm uma causa clara de hipertensão, assim chamada primariamente. Nestes casos, muitas vezes são parte do que é chamado de “síndrome metabólica”, também conhecida como a doença do mundo ocidental.

doença ocidental 2.1

Os problemas de saúde acima são agrupados porque eles muitas vezes aparecem como um conjunto de sintomas em um indivíduo. Pessoas com pressão arterial elevada muitas vezes carregam peso extra em torno de sua barriga, e elas também estão propensas a ter açúcar elevado no sangue e diabetes tipo 2.

A boa notícia é: que você pode chegar à raiz e a causa disso, muitas vezes você pode melhorar todos estes problemas marcados acima com uma mudança de estilo de vida simples.

A Causa Comum!

A síndrome metabólica é geralmente causada por comermos mais carboidratos do que o corpo pode suportar. E principalmente quando se trata de carboidratos com alto índice glicêmico que são rapidamente digeridos, tais como farinha branca e açúcar puro. Dependendo de como estiver a sua sensibilidade a Insulina, você pode estar

pressão arterial causas

enfrentando os mesmos sintomas da síndrome metabólica, por estar consumindo mais hidratos de carbono do que o corpo pode suportar.

Carboidratos se transformam em açúcares simples, logo que ele chega em seu estômago (por exemplo, o amido do pão e de massas se transformam em glicose) que aumenta o açúcar no sangue no momento em que é levada a para a corrente sanguínea.

O corpo então produz mais do hormônio Insulina, a fim de cuidar do excesso de açúcar no sangue.

A insulina é o principal hormônio de armazenamento de gordura no corpo, e muita insulina pode portanto, levar ao excesso de peso a longo prazo. Em grandes quantidades isso também pode perturbar o metabolismo do colesterol em seu corpo. Além do mais, ele também pode afetar a sua pressão arterial.

Altos níveis de Insulina e Pressão Arterial Elevada

Níveis mais elevados de insulina favorece o acumulo de fluido e sal no corpo. Isso aumenta a pressão arterial.

Além disso, níveis elevados de insulina pode engrossar o tecido em torno de vasos sanguíneos (o assim chamado de músculo liso), que podem também contribuir para um aumento da pressão arterial.

Tem sido repetidamente mostrado que o ideal é comer menos carboidratos para diminuir os níveis de insulina e também a pressão sanguínea. Isso acontece por que uma dieta baixa em carboidrato também faz com que o corpo deixe de acumular fluidos, e aumenta a eliminação de sal através da urina.

 

8 – Mudanças de Estilo de Vida para uma Pressão Arterial Saudável

Há várias mudanças de estilo de vida possíveis que você pode fazer para baixar a pressão arterial. Vou passar por cinco deles abaixo. O primeiro é, na minha experiência, o mais importante. Isso elimina a causa mais comum de pressão arterial elevada:

1 – Curar a Doença Ocidental

Uma pressão sanguínea elevada é muitas vezes o produto da chamada síndrome metabólica, especialmente em pessoas com algum excesso de peso. Isto significa que você pode realizar grandes benefícios para a sua saúde, reduzindo a ingestão de carboidratos (ruim).

Vários estudos com dietas de baixo carboidrato mostram a pressão sanguínea melhorada além de diversos benefícios que nenhuma outra dieta pode proporcionar. Como um bônus, uma dieta pobre em carboidratos também leva à perda de peso e melhora os níveis de açúcar no sangue.

Isso não só funcionam em estudos científicos, mas também na vida real. Muitas pessoas e leitores do Corpo Medida Certa tiveram resultados positivos.

2 – Sim ou não ao sal?

Comer menos sal pode baixar a pressão arterial um pouco. A pesquisa mostrou que este efeito é, no entanto, mínimosal a longo prazo: uma média de apenas uma redução mmHg foi registrada.

Temos falta de provas conclusivas de que menos sal na nossa alimentação vai afetar o risco de doença cardíaca ou morte. Isto foi demonstrado em um recente meta-estudo em uma ampla investigação sobre o assunto.

Não está claro se você vai se tornar mais saudável, comendo menos sal ou não! Ninguém sabe!

Grande parte do sal que ingerimos vem de fast food, refeições prontas, pães e refrigerantes, coisas que devemos evitar quando em uma dieta de baixo carboidratos. Isto irá reduzir o consumo de sal automaticamente. Além disso, os efeitos hormonais de uma dieta baixa em carboidratos e rica em gorduras faz com que seja mais fácil para o corpo eliminar o excesso de sal através da urina; isto pode explicar a ligeira diminuição na pressão arterial.

Em resumo, a demonização do sal é exagerada. De qualquer forma, se você manter uma dieta baixa em carboidratos, você pode desfrutar do sal com moderação com a consciência limpa.

3 – Evite outras coisas que aumentam a pressão arterial

A pressão arterial pode ser reduzida simplesmente evitando as coisas que a elevam. Essas são algumas das coisas mais comuns que causam a Hipertensão:

  • Analgésicos comuns (os chamados não-esteróides anti-inflamatórios, NSAID), pode aumentar a sua pressão arterial por inibição da produção de sal em seus rins. Isso inclui pílulas over-the-counter, como Ipren, Ibumetin, Ibuprofeno, Diklofenak e naproxeno, bem como a auto prescrição de medicamentos. Analgésicos com paracetamol substância activa são melhores para a sua pressão arterial.
  • Comprimidos de cortisona, tal como prednisolona.
  • As pílulas anticoncepcionais (para algumas Mulheres).
  • Café (cafeína).
  • O álcool em grandes quantidades.
  • A nicotina (tabagismo, outras formas de tabaco) causam o aumento de curta duração na pressão sanguínea de 15-20 unidades.
  • Drogas como as anfetaminas e cocaína.
  • Alcaçuz em grandes quantidades.

Isso não significa que tem que eliminar o café ou álcool completamente; No entanto, se você é um “usuário” de quantidades excessivas de café e álcool, é sábio diminuir o consumo.

Por outro lado, é sempre uma boa ideia parar completamente de fumar: Se libertar do hábito de fumar é excelente para a sua saúde em geral, e não apenas para a sua pressão arterial.

4 – Exercício

É comprovado que praticar exercícios físicos regularmente, faz com que a pressão arterial fique um pouco menor.

5 – Evite Deficiência de Gorduras Omega-3 ou Vitamina D

Estudos indicam que gorduras ricas em omega-3 pode reduzir a pressão arterial um pouco (especialmente o valor da pressão arterial sistólica).

Um estudo mostra que a redução da pressão arterial em cerca de 4 unidades sistólica e diastólica 3 unidades pela administração de suplementos de vitamina D em pessoas com deficiência (é comum durante o inverno).

 

9 – Medicação de Pressão Arterial

Primal imagem 5.5

Em níveis de pressão sanguínea, que são pelo menos moderadamente elevadas (> 160/100), tais como aqueles causados por doença cardíaca, a medicação pode ser apropriado. Manter-se em linha com as sugestões de estilo de vida acima ainda é uma boa ideia, embora eles possam ajudar a garantir que você não precisa tomar mais medicamentos do que o necessário para o seu tratamento.

A medicação para baixar a pressão arterial, tende a reduzir o risco de ter um enfarte, insuficiência cardíaca ou danos nos rins provocados pela pressão sanguínea elevada.

Há muitas boas opções quando se trata de tal medicação. Exemplos são (ECA-enzima conversora de angiotensina), inibidores ou bloqueadores da Ali (bloqueadores de receptores de angiotensina II) tais como enalapril ou losartan. Se este tipo de medicação não der o efeito desejado, você pode ter que adicionar outra medicação, como antagonistas chamados de cálcio (por exemplo, Felodipin) ou um diurético leve (pode ser encontrado como uma pílula combinada com Enalapril e losartan).

Se possível, evitar o uso de betabloqueadores para tratar a pressão arterial (isto significa pílulas como Atenolol, metoprolol ou Seloken). Eles são menos eficazes e causam mais efeitos colaterais (tais como diminuição da potência, fadiga e ganho de peso). Estes medicamentos podem no entanto, ser de utilidade em casos de doenças cardíacas tais como angina.

Em breve: Mais sobre medicação de pressão arterial.

 

10 – Medindo a Pressão Arterial em Casa

É fácil de medir sua pressão arterial com um medidor de pressão arterial automático, se você fizer isso direito. Existem, no entanto, as fontes comuns de erro que pode levar a resultados incertos.

A fim de medir com precisão a pressão arterial, duas coisas são importantes: um bom equipamento e do conhecimento técnico de medição.

Equipamento

O medidor de pressão arterial deve ser de alta qualidade, de preferência um tipo testado e certificado. Deve medir a pressão arterial em seu braço (medições de pulso são menos confiáveis). Aqui estão dois medidores de pressão arterial que posso recomendar:

aparelho

Omron M6 Comfort e Omron M2

Inflável deve ser o tamanho certo do braço. Se você tem grandes braços e medir sua pressão arterial com aparelho para punhos de tamanho normal, você poderá obter valores desproporcionalmente altos, às vezes tão altos quanto 20 unidades a mais do que a sua pressão arterial real. Em outras palavras, é possível que a medição possa indicar uma falsa elevação da pressão arterial.

Se não tiver certeza do seu tamanho de braço, meça a circunferência do braço com uma fita métrica:

A circunferência de cerca de 8,5-12,5 polegadas vai caber punhos de tamanho normal (e Omron M2). Braços maiores que esse podem precisar de um equipamento de tamanho de 8.5-16.5 polegadas (como a que acompanha Omron M6 Comfort).

Técnica de Medição

A pressão arterial é melhor medida quando sentado, já que é a forma como é geralmente medido nos estudos que determinam valores saudáveis. Ser sistemático e agir de acordo com os padrões de medição diminui o risco de erros.

Para maior precisão, as medições de pressão arterial devem ser realizadas da seguinte forma:

  1. Na meia hora antes da medição, abster-se de exercício, do consumo de tabaco ou comer.
  2. Descansar à temperatura ambiente confortavelmente por 5-10 minutos antes da medida.
  3. Expor o seu braço.
  4. O Inflável deve ser acondicionado de modo que sua borda inferior fique cerca de 2 centímetros acima da dobra do seu braço. O Inflável deve ficar nem muito apertado nem muito solto, deve ser capaz de caber apenas dois dedos debaixo dele.
  5. Use um assento com encosto e certifique-se de que as costas e os pés estão em repouso confortável, não cruzar as pernas.
  6. Descanse seu braço confortavelmente e posicione-o de modo que seu braço esteja na mesma altura que o seu coração, por exemplo, colocando-o sobre uma mesa.
  7. Relaxe e faça a medição.
  8. Repetir a medição pelo menos uma vez, com pausa de um minuto entre elas. A média de duas ou mais medições devem ser anotadas.

Resultados Precisos

Enquanto a medição é realizada corretamente, com medidor de pressão arterial certificado, você estará recebendo resultados tão precisos como se você estivesse em uma clínica médica. Na verdade, na Suécia, um inquérito revelou que as práticas médicas, por vezes, erradamente fazem medidas de pressão arterial com o paciente deitado, de modo que você pode obter resultados mais precisos até mesmo em casa!

A diferença entre a Pressão Arterial Sentada e Deitada

Na Suécia, a pressão arterial é muitas vezes erroneamente medido em clínicas com os temas deitado. As diferenças tendem a ser pequenas, no entanto: quando sentados, a pressão arterial sistólica é registrada um pouco menor, e a diastólica um pouco mais alto. Testando isso em mim, observei leituras de 116/73 em média, ao longo de várias medições sentado e uma média de 119/72 deitado.

Medições de pressão arterial deitado pode trazer erros e o risco de excesso de tratamento em algumas pessoas, especialmente idosos (no caso de “ortostatismo” ou seja, quando você está sentado e levanta bruscamente).

Flutuações entre o Dia e a Noite

A pressão arterial é geralmente mais baixa na parte da manhã, e sobe ligeiramente da tarde para a noite. Ela tende a ser menor durante o semestre do verão e ligeiramente maior durante o inverno.

 

11 – Estudos

O Tratamento de Pressão Arterial Elevada

O Dia D, et al. Farmacoterapia para hipertensão leve . Syst Rev. Dados Cochrane 2012 15 de agosto; 8: CD006742.

Técnica Adequada para Medições de Pressão Arterial

Súmulas:

Williams JS, et a. Vídeos em medicina clínica. Medição da pressão arterial. N Engl J Med. 2009 Jan 29; 360 (5): e6.

Pickering TG, et al. Recomendações para a medição da pressão arterial em humanos e animais experimentais: Parte 1: medição da pressão arterial em humanos: uma declaração para os profissionais da Subcomissão de Educação Profissional e Pública do Conselho da American Heart Association sobre Research pressão arterial elevada. Hipertensão. Janeiro 2005; 45 (1): 142-61.

 

12 – Mais Informação

Você quer saber mais sobre como você pode melhorar a sua própria saúde e a da sua família? Comece por manter-se atualizado.

Cadastre aqui o seu melhor e-mail para receber atualizações gratuitas, e as últimas notícias para a sua saúde e perda de peso. Faça como outras milhares de pessoas: Corpo Medida Certa.

Através do boletim Corpo Medida Certa você receberá atualizações e alertas sobre grandes eventos. Inscreva-se acima.

Facebook

Você está no Facebook? Com o Corpo Medida Certa você vai obter atualizações rápidas sobre tudo que surge de novo na melhor ciência mundial a favor da sua saúde. Você também pode compartilhar facilmente notícia de que seus amigos podem se beneficiar. Muitas pessoas já encontraram o caminho para o Corpo Medida Certa no Facebook.

Você Quer Agir?

Você gostaria que mais pessoas pudessem ter a oportunidade de ver esta pagina e se beneficiar com essas informações? 

Você tem um blog?

Links para este site faz com que ele seja mais valorizado pelos motores de busca. Por favor, inclua a palavra “pressão arterial” ou “hipertensão” no texto do seu comentário abaixo. Melhor seria copiar diretamente este link http://corpomedidacerta.com.br/como-normalizar-a-sua-pressao-arterial/ e colar em seus posts, mensagens ou até mesmo compartilha-lo.

O objetivo é naturalmente, adquirir uma classificação superior na busca para a palavra “pressão arterial” ou “hipertensão“. Isso levaria muitos novos hipertensos a encontrar esta página. 

Sugestões para melhorar esta página são muito bem-vindos!

Se você quiser, você também pode nos envolver em sua associação de hipertensos local e fazer a diferença.

Um Grande Abraço,

Hugo Klemar

Oferta Limitada Corpo Medida Certa

Post Author
Admin Spar
Hugo Klemar é o autor de um best-seller de saúde na Amazon.com, INTESTINO: O SEU SEGUNDO CÉREBRO, bem como a Coleção CULINÁRIA QUE EMAGRECE com 5 volumes e o e-book de saúde e fitness COMO NÃO EMAGRECER, que já venderam milhares de unidades por todo o mundo.