Guia Prático da Perda de Peso – Parte 3 – Aprendendo a Comer Corretamente!

3 – Aprendendo a comer corretamente.

Não Passar Fome

“Não estou com fome!” O erro mais comum quando se inicia uma dieta baixa em carboidratos: Reduzir a ingestão de carboidratos, enquanto continua tendo medo de gordura. O problema é que os Carboidratos e gordura são duas fontes energéticas principais do organismo. Ele precisa de pelo menos uma. Low carb e baixo teor de gordura = fome

Evitando ambos os carboidratos e as gorduras, o resultado é a fome, ânsias e fadiga. Mais cedo ou mais tarde, as pessoas se cansam de suportar isso e desistem. A solução é  comer gorduras naturais até que você se sinta satisfeita (o). Por exemplo:Manteiga e Azeite

  1. Manteiga
  2. Creme-gordo
  3. Azeite
  4. A carne (incluindo a gordura)
  5. Os peixes gordos
  6. Bacon
  7. Ovos
  8. O óleo de coco, etc…

Sempre coma o suficiente, de modo que você se sinta saciado, especialmente no início do processo de perda de peso. Fazer isso em uma dieta baixa em carboidratos significa que a gordura que você come vai ser queimada como combustível em seu corpo, assim como seus níveis de gordura armazenada, o hormônio insulina será reduzido. Você vai se tornar uma máquina de queimar gordura. Você vai perder o excesso de peso sem passar fome.

Você ainda tem receio de gordura saturada? Não? 

O medo de gordura saturada é baseado em teorias obsoletas que foram  provadas incorretamente pela ciência moderna. A manteiga é um ótimo alimento. No entanto, sinta-se a vontade para comer principalmente gorduras insaturadas, por exemplo: (abacate, peixes gordos e Azeite de oliva), se preferir. Isso poderia ser chamado de uma dieta mediterrânea de baixo nível de carboidratos e  funciona muito bem também.

Comer quando está com fome também implica em outra coisa: Se você não está com fome, você provavelmente ainda não precisa comer nada. Quando em uma dieta LCHF (Low-carb High Fat) você pode confiar em seus sentimentos de fome e saciedade novamente. Sinta-se á vontade para comer o número de vezes por dia que funciona melhor para você.

Algumas pessoas comem três vezes ao dia e, ocasionalmente, fazem um lanche entre as principais refeições (note que lanches frequentes podem significar que você precisa se beneficiar da adição de gordura nas suas refeições, para aumentar a saciedade). Algumas pessoas só comem uma vez ou duas vezes por dia e nunca lancham. Fique atenta (o), identifique tudo o que funciona para você.

Basta comer quando você está com fome.

Leia mais sobre: Porque comer quando está com fome é mais sábio do que a contagem de calorias. 

4 – Comer Comida de Verdade.

Outro erro comum quando você faz uma dieta low-carb é deixar se enganar pelo marketing criativo de produtos especiais ”low-carb”.

Lembre-se: Uma dieta baixa em carboidratos eficaz para a perda de peso deve ser baseada em comida de verdade, Como esta:

Comida de verdade

Comida de verdade é o que os seres humanos têm comido por milhares ou (melhor ainda) milhões de anos, por exemplo, carne, peixe, legumes, ovos, manteiga, azeite de oliva, nozes etc.

Se você quer perder peso, é melhor evitar produtos especiais “low-carb” que estão cheios de carboidratos.  Isto deveria ser óbvio, mas os criativos comerciantes estão fazendo todo o possível para te enganar (e obter o seu dinheiro). Eles vão te dizer que você pode comer biscoitos, massas, sorvetes, pães e uma abundância de chocolates em uma dieta baixa em carboidratos, contanto que você compre a sua marca. Eles estão cheios de carboidratos. Não se deixe enganar!

Como por exemplo, pão low-carb?

Tenha cuidado: Se o produto contém grãos certamente não é low-carb. Mas algumas empresas ainda tentam vender isso como uma opção low-carb.comida industrializada

Chocolate Low-carb, geralmente são cheios de álcoois de açúcar, que os fabricantes não consideram como carboidratos. Mas cerca de metade destes carboidratos podem ser absorvidos, aumentando o açúcar no sangue e a insulina.

O restante dos carboidratos terminam no cólon, causando potencialmente gases e diarreia. Além disso, quaisquer adoçantes pode causar vício por açúcar (ou pelo gosto doce).

Aqui estão três bons exemplos do que evitar:

  1. Biscoitos ou produtos sem glúten
  2. Pães e Bolos de baixo teor de carboidratos
  3. Massas de macarrão sem glúten ou de baixo teor de carboidratos, são fraldes (Só um exemplo – uma marca conceituado de pastas sem glúten de nome Dreamfields, finalmente teve que desembolsar 8 milhões de dólares por fralde!)

Esta empresa não é a única. Existem milhares de empresas similares que tentam enganar você, para te fazer comprar os seus produtos “low carb” junk food, cheios de amido, álcoois de açúcar, farinha, adoçantes e aditivos estranhos. Duas regras simples para evitar esse lixo:

  • Não coma versões “low carb” de produtos ricos em carboidratos, como biscoitos, barras de chocolates, pães, massas ou sorvetes, a menos que você tenha certeza dos ingredientes (como no caso de você mesmo ter preparado).
  • Evite produtos com as palavras “carboidratos líquidos” nas suas embalagens. Isso geralmente é apenas uma maneira de te enganar.

Concentre-se em comer comida de boa qualidade minimamente processadas, ​​alimentos reais. O ideal, é que o alimento que você compra não tenha uma lista de ingredientes (e se tiver, ela deve ser muito curta).

 Menos Moderação, Mais Qualidade

Finalmente, você vai poder esquecer o “tudo com moderação”. Este é o lema das dietas de alguns nutricionistas sem noção. Esta é uma recomendação terrível, no caso dos Brasileiros e dos Americanos que comem uma dieta mais diversificada, acabam na verdade, ganhando mais peso.

Não coma tudo com moderação!

Coma tanto quanto você quiser de comida saudável, sempre que você estiver com fome. E evite ao máximo comer o lixo industrializado. Se possível nenhum.

5 – Coma apenas quando estiver com Fome

Em uma dieta low-carb você deve se atentar para comer apenas quando está com fome (veja a dica # 3 acima).

E se você não estiver com fome? Não coma!

Nada retarda a perda de peso mais do que comer um monte de comida que você não precisa frequentemente. Isso na verdade, é tão importante que vale a pena prestar a atenção em si própria (o).

Reduzir lanches desnecessários

Petiscos desnecessários também pode ser um problema em uma alimentação LCHF. Algumas coisas são fáceis de comer só porque elas são saborosas e estão facilmente disponíveis. Aqui estão três armadilhas comuns:

  1. Produtos lácteos, como creme de leite e queijos. Eles funcionam bem na culinária LCHF por serem saciantes. O problema é se você está comendo um monte de queijo em frente à TV, à noite sem estar com fome. Tenha cuidado com isso. Ou muito creme como sobremesa, quando na verdade você já está cheio e só continua comendo porque o gosto é bom. Um outro culpado comum: muita quantidade de leite no café, muitas vezes por dia.
  2. Nozes e Castanhas. Independentemente de quão cheio você esteja, você começa a comer e não para mais, se deixar vai até passar mal. Uma dica: De acordo com a ciência, nozes e castanhas salgadas são mais difíceis de parar de comer do que as sem sal. Nozes salgadas ficam te tentando, para comer mais e mais o tempo todo. Outra dica: Evite levar o pacote inteiro para o sofá, de preferência escolha uma pequena tigela e limite uma porção coerente. Pelo menos eu, muitas vezes comi todas as que estavam na minha frente independente de eu estar com fome ou não.
  3. Cozinha LCHF. Mesmo se você estiver usando a farinha de amêndoas e adoçantes para preparar bolinhos e quitutes a fim de fazer lanchinhos e merendinhas extras, você vai estar fornecendo alimentos sem necessidade para o seu corpo quando na verdade você não está com fome. (a palavra para isso é: Excesso).

E sim, isso vai retardar a perda de peso.

Sinta-se livre para pular refeições

Você tem que fazer o café da manha? Não, claro que não! Não coma se você não está com fome. E isso vale parahora de comer qualquer refeição.

Em uma dieta rigorosa LCHF a fome e a vontade de comer tende a diminuir muito, especialmente se você tem excesso de peso a perder. Seu corpo pode ser feliz queimando suas reservas de gordura, reduzindo a necessidade de comer.

Se isso acontecer, seja feliz! Não lute pela ingestão de alimentos que você não precisa. Em vez disso espere que a fome volte antes de comer novamente. Isto vai poupar tempo e dinheiro, e ao mesmo tempo acelerar sua perda de peso.

Algumas pessoas temem achando que elas vão perder o controle se não comer a cada três horas, isso faz com que elas comam milhares de calorias desnecessárias o tempo todo.

Essa obsessão por comer em horários regrados várias vezes ao dia pode ser necessária, em uma dieta rica em açúcares e carboidratos processados ​​para controlar os picos de fome (causados pela hipoglicemia), mas normalmente é completamente desnecessária em uma dieta LCHF. A fome retorna lentamente e você terá bastante tempo para preparar alimentos ou fazer um lanche.

Resumo

Para perder peso rapidamente e de forma sustentável: Coma quando estiver com fome, mas só quando você estiver com fome. Esqueça o relógio e ouça o seu corpo no lugar.

Venha se juntar a mim em uma Viagem de 21 dias para a Transformação do seu corpo de Dentro para Fora! Clique na imagem abaixo e adquira agora mesmo o seu Programa CORPO MEDIDA CERTA.

Oferta Limitada Corpo Medida Certa

Post Author
Admin Spar
Hugo Klemar é o autor de um best-seller de saúde na Amazon.com, INTESTINO: O SEU SEGUNDO CÉREBRO, bem como a Coleção CULINÁRIA QUE EMAGRECE com 5 volumes e o e-book de saúde e fitness COMO NÃO EMAGRECER, que já venderam milhares de unidades por todo o mundo.